O Corte do Zumbi

setembro 17, 2013

Cobre

Filed under: Uncategorized — Binho @ 3:37 pm

“Final de semana comentei com o Rodolpho:

– Pô velho, a vida deu uma estagnada!

Nada incomum. É a vida. Prove a felicidade. Enfim, na segunda, dia dezessete de setembro, às dezessete horas da tarde recebo uma ligação. Estamos sendo despejados. Eis que surge a Roda Viva. Nesta, por incrível que pareça, fiquei feliz. Sim, estou lendo clube da luta, e é aquele negócio: você não é a calça caqui que você veste, nem o dinheiro que tem na carteira, você é feito da mesma matéria em decomposição do mundo. Decomposição, por sinal, que palavra bacana. Me lembra pintura. Dissolver. Meu amigos ficaram preocupados, e haja celularzinho com créditos. Eu geralmente ando sem. Meu estilo punk de ser. Faz 6 meses que minha botina estilo Eddie Vedder tá furada.

– Você não vai trocar isto não?

Ame frutas. Nada mudou. É apenas um momento. E como o próprio livro me disse. Um momento é tudo que você pode esperar de algo perfeito. E tudo bem! Vale a pena lutar por este momento. Tá certo, o mundo não é lá essas coisas. Não como eu gostaria, mas finalizando com Voltaire, ou algo parecido com o que o próprio Rodolpho canta: “Devemos cultivar nosso jardim”

setembro 13, 2013

Filed under: Uncategorized — Binho @ 3:54 pm

Existe o mundo. E há lamentos. Eu entendo isso. Ah aquela mulher do ônibus!! Ignora a todos com suas maravilhosas pernas. Indiferente até o próprio ônibus, pois a ela, ele não existe. Nem a vida. E o que há então?…Apenas a loucura de olhar invisível.

setembro 6, 2013

Merda!

Filed under: Uncategorized — Binho @ 4:26 pm

“Você abre a porta e entra
Está dentro do seu coração
Imagine que sua dor é uma bola de neve que vai curar você
Esta é sua vida
É a última gota pra você
Melhor do que isso não pode ficar
Esta é sua vida
Que acaba um minuto por vez
Isto não é um seminário
Nem um retiro de fim de semana
De onde você está não pode imaginar como será o fundo
Somente após uma desgraça conseguirá despertar
Somente depois de perder tudo, poderá fazer o que quiser
Nada é estático
Tudo é movimento
E tudo esta desmoronando
Esta é sua vida
Melhor do que isso não pode ficar
Esta é sua vida
E ela acaba um minuto por vez
Você não é um ser bonito e admirável
Você é igual à decadência refletida em tudo
Todos fazendo parte da mesma podridão
Somos o único lixo que canta e dança no mundo
Você não é sua conta bancária
Nem as roupas que usa
Você não é o conteúdo de sua carteira
Você não é seu câncer de intestino
Você não é o carro que dirige
Você não é suas malditas calças
Você precisa desistir
Você precisa saber que vai morrer um dia
Antes disso você é um inútil
Será que serei completo?
Será que nunca ficarei contente?
Será que não vou me libertar de suas regras rígidas?
Será que não vou me libertar de sua arte inteligente?
Será que não vou me libertar dos pecados e do perfeccionismo?
Digo: você precisa desistir
Digo: evolua mesmo se você desmoronar por dentro
Esta é sua vida
Melhor do isso não pode ficar
Esta é sua vida
e ela acaba um minuto por vez
Você precisa desistir
Estou avisando que terá sua chance”

Clube da Luta

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.